quinta-feira, 26 de março de 2015

Assaltantes levam 18 mil da loja Gazin em Itaituba,PA

Por volta das 18h30 de ontem dois ladrões praticaram um roubo audacioso na loja Gazin da 18ª rua do bairro Bom Remédio.
A loja já estava fechando quando dois homens chegaram se passando por clientes interessados em fazer compra, porém logo anunciaram o assalto. Logo que teve notícia do roubo a PM se deslocou para o local, onde teve acesso as imagens do circuito da loja onde aparecem os ladrões sem capacete.
A partir dali montou-se uma operação para se descobrir e chegar até os assaltantes. Mas ao perceber que estavam próximos de serem presos os dois ladrões abandonaram o produto do roubo e as duas armas usadas no crime em uma residência no Vale do Piracanã nas casas populares. Na residência foram encontradas duas mulheres que foram apresentadas na 19ª Seccional, sendo uma delas menor de idade.


FONTE : RPI

segunda-feira, 23 de março de 2015

REUNIÃO PARA DISCUTIR O RALLY DE PASCOA.

Reuniu se na tarde deste domingo (22), os organizadores do Raly de Páscoa Wildeglan Ribeiro Wil, Pedro Filho e mais o Acessor de imprensaValdinei Cordeiro, Fábio Oliveira e o pessoal do Grupo Segurança GSET Goelds Costa e Leandro Silva para tratar os últimos detalhes do evento. Que será realizado nos dias 28 e 29 de maço no Balneário Jacaré.
 — comValdinei Cordeiro.
Curtir ·  · 

sexta-feira, 20 de março de 2015

Membros da quadrilha assaltou o (BASA) de Placas foram presos pela Policia

Na ação conjunta que já vem sendo realizada há vários dias no município de Placas, a fim de prender os assaltantes do Bando da Amazônia, a GU da ROTAM, GU da 13ª CIPM e da POLICIA CIVIL DE URUARÁ, na madrugada de hoje tiveram êxito.
Os Investigadores da Polícia Civil Silvio e Célio estavam voltando de uma diligência (recuperação de moto roubada), quando ao se aproximarem de Uruará, cruzaram com um Saveiro ocupado por três homens, acompanhada por duas motos, com um indivíduo em cada uma, totalizando cinco pessoas, quando então resolveram abordar. Houve trocas de tiros e os suspeitos fugiram em alta velocidade, no sentido de Altamira. A perseguição se deu até o km 140, a 40 km de Uruará. 
Os policiais perderam os criminosos de vista, mas conseguiram localizar em uma pequena casa à beira da estrada. O veículo Saveiro que já estava somente com um indivíduo (motorista), o qual já estava dormindo. Dentro do carro foram encontradas várias embalagens de marmitas e roupas camufladas do Exército. 
O indivíduo deu a versão de uma história mal contada aos policiais e foi conduzido para a DP de Uruará, onde se encontra nesse momento. Entre os objetos, os policias ainda encontraram uma camisa rosa, da mesma cor da camisa de um dos fugitivos do banco. Fagner, o indivíduo que foi preso na madrugada, já confessou tudo. De acordo com recentes informações, já foram pegos cinco bandidos e apreendidos várias armas de grosso calibre. Parabéns aos policiais civis e militares de Uruará. 

quinta-feira, 12 de março de 2015

Placas: Um assaltante foi baleado e outros estão encurralados pela PM

Cerca de 06 homens armados invadiram e assaltaram a agência do Banco da Amazônia por volta das 10h 00 desta Quinta-feira (12) no município de Placas. Segundo informações os criminosos tomaram em assalto uma camionete Hilux de propriedade do ex-prefeito de Placas Maxwell Brandão que também ficou em poder dos criminosos onde foi liberado após o assalto.

Segundo testemunhas, os criminosos já chegaram no local atirando com armas de grosso calibre, os homens renderam todos que estavam na agência e roubaram uma quantia em dinheiro ainda não contabilizada. Na fuga, os assaltantes teriam levado funcionários do banco como reféns.Segundo informações um bandido foi baleado e esta no Hospital Municipal de Placas, o clima ta tenso na cidade, pois os bandidos estão encurralados na vicinal 235 onde abandonaram o carro . Segundo a polícia, a quadrilha fugiu em direção à Rurópolis,  mas como pessoas teriam colocado uma trator em uma ponte os assaltante retornaram a sentido Uruara, entrando assim na vicinal 235.Com informações e fotos Edson Azevedo.

quarta-feira, 11 de março de 2015

PT e PMDB racharam propina de usina de Belo Monte

Foto: Tiago Queiroz/ Estadão Conteúdo
O diretor-presidente da Camargo Corrêa, Dalton Avancini, vai informar ao Ministério Público Federal (MPF), ao prestar depoimento em delação premiada, que a empresa pagou pouco mais de R$ 102,4 milhões em propina para obter contratos de obras na usina de Belo Monte.
Avancini pretende esmiuçar aos procuradores do MPF - em depoimentos que começaram na última sexta-feira e devem se estender durante toda esta semana - que o valor foi repassado para o PT e o PMDB. Cada um dos partidos abocanhou 1% do valor do contrato firmado na usina. Em números absolutos, a empresa repassou R$ 51,2 milhões para cada uma das legendas.  A informação, segundo fontes ligadas à negociação da empreiteira com o Ministério Público Federal de Curitiba, foi fundamental para fechar a delação premiada de Avancini. Para convencer os procuradores, o executivo contou detalhes do esquema que funcionava em Belo Monte, e, só a partir daí, eles aceitaram dar ao empresário o direito à delação premiada. Os termos do acordo, que podem prever redução de pena, por exemplo, ainda não foram revelados.

Há informação ainda não confirmada de que o executivo deverá falar também sobre possíveis irregularidades em obras na usina nuclear de Angra 3. No início da semana passada, surgiu a informação de que Avancini revelaria o esquema de pagamento de propina na construção da usina hidrelétrica no Pará. A obra tem custo estimado de R$ 19 bilhões. Os investigadores da Operação Lava-Jato acreditam que Avancini deverá detalhar o possível envolvimento do esquema de arrecadação de propina por parte de Fernando Soares, o Fernando Baiano, apontado como lobista do PMDB. Baiano nega as acusações, mas acredita-se que ele teria intermediado o repasse de vantagens indevidas entre a empresa e representantes do partido. Avancini, que começou a depor na sexta-feira passada ao MPF, também pretende dar o nome da pessoa ligada ao PT responsável pelo recolhimento de propina.

A Camargo Corrêa tem 16% dos contratos do consórcio responsável pela construção da usina, formado por dez empresas: Andrade Gutierrez, Odebrechet, OAS Ltda, Queiroz Galvão, Contern, Galvão Engenharia, Serveng-Civilsan, Cetenco e J. Malucelli, além da própria Camargo Corrêa. Seis destas são investigadas na operação Lava-Jato: Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez, Odebrecht, OAS, Galvão Engenharia e Camargo Corrêa. Sete das nove empreiteiras investigadas na Operação Lava-Jato foram responsáveis pela doação de R$ 73,5 milhões para as campanhas de Dilma Rousseff (PT) e de Aécio Neves (PSDB) para a Presidência da República. De acordo com a prestação de contas dos candidatos entregues ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Odebrecht, Camargo Corrêa, OAS, UTC, Queiroz Galvão, Engevix e Galvão Engenharia.

Os 16% de participação da Camargo Corrêa em Belo Monte representam R$ 5,1 bilhões. Para conquistar essa fatia, segundo Avancini, a empresa teve de pagar, a título de propina, cerca de R$ 51 milhões para PT e PMDB. Além de delatar a propina em Belo Monte, Avancini também vai confirmar a existência e atuação do “clube VIP”, cartel de empreiteiras instalado na Petrobras e também em estatais do setor elétrico. Avancini trabalha na Camargo Corrêa há 22 anos. Ele ocupou vários postos na empresa até ser nomeado presidente, em outubro de 2011, depois da Operação Castelo de Areia, que tinha como alvo obras da empreiteira, mas depois foi anulada pela Justiça. Antes de assumir o comando da construtura, o executivo, que é engenheiro civil, ocupou as diretorias de obras de infraestrutura e de óleo e gás.

A assessoria da empresa encaminhou nota: “A Construtora Camargo Corrêa não tem acesso ao referido acordo de colaboração, desconhece seus termos e também o teor dos depoimentos. A empresa reitera que permanece à disposição das autoridades”. Três executivos da Camargo Corrêa estão presos desde novembro do ano passado na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, acusados de participar do esquema de corrupção na Petrobras. Segundo o Ministério Público Federal, ao lado do presidente da UTC, Ricardo Pessoa, do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, eles desviaram R$ 86 milhões de contratos de obras com a estatal. 

De acordo com delações feitas por Costa e Youssef, para lavar os recursos desviados, a Camargo contratou duas empresas: Sanko Sider e Sanko Serviços. As empresas emitiam notas frias de serviços não prestados ou superfaturavam compras feitas para obras na Refinaria Presidente Getúlio Vargas, no Paraná, e no Comperj, no Rio. Em seguida, o dinheiro era transferido a empresas de fachada controladas pelo doleiro Alberto Youssef, que, por sua vez, o repassava a Paulo Roberto Costa e a políticos.

Segundo o Ministério Público Federal, R$ 37 milhões dos R$ 86 milhões foram alvo de lavagem de dinheiro. As investigações revelaram 11 atos de corrupção e 117 de lavagem de dinheiro. Foi pedido ressarcimento de aproximadamente R$ 340 milhões (o que inclui multas e danos morais). Em nota, a Secretaria de Finanças do PT informou que não comentaria especulações. “De qualquer forma, informa que o partido recebe apenas doações oficiais e que são posteriormente declaradas à Justiça Eleitoral”. A direção do PMDB também refutou qualquer acusação de que o partido recebeu propina.

terça-feira, 10 de março de 2015

Aeroporto de Itaituba volta a operar

O aeroporto de Itaituba voltou a operar na noite de segunda-feira, 09. As 20h45 pousou o voo comercial da empresa Azul Linhas Aéreas. Mais cedo já havia pousado um jatinho particular. 


O aeroporto ficou sem operação para vôos comerciais mais de dois meses por recomendação da Agencia Nacional de Aviação Civil, pois precisava passar por adequações na segurança. Foram mais de dois meses sem esse serviço de transporte tão importante. Mas a prefeitura buscou se adequar adquirindo equipamentos ainda não utilizados no município, como o pórtico e raquetes detectores de metais. A brigada contra incêndio do aeroporto foi toda equipada com os mais modernos instrumentos. Alguns adquiridos pela prefeitura, outros adquiridos pela Associação dos Portos (ATAP). Foi a primeira vez na história do município que a brigada adquiriu este equipamento de forma completa. O resultado do empenho e das parcerias foi o Notam da Anac que reabriu o aeroporto do município para operação de vôos comerciais. 

Fonte: Ascom-PMI

segunda-feira, 9 de março de 2015

Prefeitos que compõe a AMUT realizam encontro na comunidade de Fordlândia - Aveiro

A comunidade de Fordlândia que fica no município de Aveiro sediou na última sexta-feira (6) o encontro dos prefeitos que compõe a Associação dos Municípios das Rodovias Transamazônica Santarém/Cuiabá e Região Oeste do Pará, a AMUT.

O encontro aconteceu no salão nobre da Escola Princesa Isabel, estiveram presentes o prefeito de Santarém Alexandre Von e presidente da AMUT, a prefeita de Itaituba vice-presidente da AMUT Eliene Nunes, o prefeito de Aveiro Olinaldo Barbosa (Fuzica), anfitrião do evento; o prefeito de Jacareacanga Raulien Queiroz, prefeito de Novo Progresso Osvaldo Ramanholi, prefeito de Rurópolis Pablo Genuíno, , prefeito de Trairão Danilo Miranda, prefeito de Anapú João Batista, prefeito de Senador José Porfirio Fernando Uchôa e o prefeito de Vitória do Xingu, que estava sendo representado pelo seu secretário de planejamento Joel Yamanaca e o deputado estadual Eraldo Pimenta.
O presidente da AMUT, Alexandre Von defende a bandeira de integração do todos os municípios, em especial os mais distantes. Esta foi a primeira reunião de interiorização após a eleição da nova diretoria, ocorrida em 29 de janeiro para o biênio 2015-2016. O município de Aveiro foi o primeiro a ser escolhido para o inicio dos trabalhos da associação e foi também uma forma de prestar apoio ao prefeito da cidade. O prefeito Fuzica, anfitrião do evento, deu boas vindas a todos dizendo que esta reunião é um fato inédito para o município tendo em vista que outros prefeitos que o antecederam nunca conseguiram esse feito; disse se sentir honrado com a presença de tantas autoridades.
Em sua fala o prefeito Danilo Vidal de Miranda destacou que todos devem estar atentos aos grandes investimentos que estão vindo para a região, pois o progresso  é bem  vindo, mas deve ser acompanhado responsabilidade  social, seja do governo federal, estadual ou de empresas privadas, pois hoje  somos a porta de entrada e saída para o desenvolvimento do Brasil. De acordo com a nova diretoria, os encontros da AMUT deverão ocorrer a cada 45 dias para debater as questões de desenvolvimento e sustentabilidade de cada município. O próximo encontro foi agendado para o município de Vitória do Xingú.