quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Foragido da penitenciária de Altamira é preso em Trairão pela PM

Neste sábado, 13, por volta de 00:20h, depois de um longo período de investigação das Guarnições do Trairão, Caracol, Morais de Almeida, serviço reservado do CPR-X e Policia Civil do Trairão.
Não mediram esforços, ficando noites planejando como prender esse elemento de alta perigosidade, para que o mesmo não conseguisse escapar. Foi recaptura no  festival da banana trairão, sob o comando do 1 sgt. PM Machado, Francinaldo Frade de Souza, vulgo Japao, "Zoinho" e Pedrinho,esses era os apelidos que ele usava em determinadas regiões.  O mesmo era foragido da penitenciária de Altamira e estava fazendo parte de uma quadrilha,especializada em fazer assaltos e outros atos delituosos na região. Com a prisão desse elemento, nos sentimos com a satisfação do  dever cumprido,em saber que e um criminoso a menos na  sociedade para fazer o mau para o cidadão de bem.

Fonte: PM- Trairão

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

PREFEITURA INICIA SERVIÇOS DE BLOQUETEAMENTO NA RUA JOÃO GOULART.

Depois dos serviços de drenagens feito na rua João Goulart para evitar o alagamento e facilitar o escoamento das águas das chuvas, agora a prefeitura da início ao bloqueteamento da rua, que terá meio fio e esta sendo acompanhado de perto pela engenheira da prefeitura Silvia Raquel, que esteve no local acompanhando o Secretário de Planejamento Fabio Oliveira, nos serviços de limpeza e nivelamento da rua para o bloqueteamento da mesma.


















terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Prefeita de Belterra Dilma Serrão (PT) tem mandato cassado pelo TRE-PA

A prefeita de Belterra, oeste do Pará, Dilma Serrão (PT), teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-PA) nesta terça-feira (9), em Belém, por captação ilícita de sufrágio (compra de votos) e conduta vedada.


De acordo com a juíza eleitoral e relatora dos processos, Eva do Amaral, os crimes eleitorais foram julgados procedentes, mas ainda é preciso aguardar a publicação do acórdão do tribunal. 'Num dos processos tem provas referentes ao dinheiro que foi dado para pagamento de aluguel de uma pessoa e também de utilização de dinheiro público para fazer campanha por meio do aluguel de um carro som (...). Realmente foi caracterizado que houve captação ilícita de sufrágio e conduta vedada, mas só vai valer depois que for publicado o acórdão', esclareceu. Depois disso, o segundo colocado no pleito de 2012, Jociclélio Macêdo (DEM), é quem deverá assumir a Prefeitura de Belterra. 'Ela está inelegível, o que ficou em segundo lugar terá que tomar posse', afirma a juíza. Os advogados de defesa da prefeita informaram que ainda vão recorrer da decisão.

GARIMPEIROS DO REMANSO DOS MACACOS SE REUNIRAM NA SEMMAP.

Mais de 100 garimpeiros que estão trabalhando no garimpo conhecido por Remanso dos Macacos, estiveram participando nesta manhã de uma reunião no Salão Verde da SEMMAP.


A reunião foi provocada pelo vereador Peninha e foi presidida pelo Secretario Municipal de Mineração e Meio Ambiente de Itaituba, Hilário Vasconcelos. Também participaram da reunião; O representante da AMOT, Ivo Preto; Procurador da SEMMAP, Dr. Jairo Araújo; Advogado da AMOT, José Antunes e a Procuradora do Município, Naya Fonseca. O geólogo Jubal Cabral fez uma exposição sobre a atividade garimpeira, mostrando aos garimpeiros as leis que regem a garimpagem. Destacou as competências de cada órgão na legalização da atividade. O representante da AMOT, Ivo Preto fez questão de afirmar que a competência da legalização das atividades minerais nas margens dos rios é da SEMA Estadual, o que foi reforçada pelo advogado José Antunes, um dos grandes juristas da questão mineral do Pará e do Brasil.
O vereador Peninha, disse que centenas de pessoas estão dependendo daquele garimpo e que o município olhe com carinho aquela gente. Esta gente está devendo até os “cabelos”, pois compraram equipamentos e se fechar o garimpo não vão ter como pagar, lembrou o vereador Peninha. Pediu para a SEMMAP organizar e orientar os garimpeiros no sentido de legalizar a garimpagem. Destacou que  dentro de alguns meses, com a subida das águas do Rio Tapajós, aquela área vai ser inundada e com isso vai paralisar a garimpagem. Enquanto isto, que estabeleça um prazo para que os garimpeiros possam se legalizar. Ainda pediu o edil, para que os garimpeiros  ajudem a comunidade do Periquito, que fica nas proximidades do garimpo, que vai sofrer o impacto negativo daquela atividade.
O Secretario Hilário Vasconcelos, disse que não medirá esforços no sentido de trabalhar pela legalização daquele garimpo, mas para isto precisa contar com o apoio e compreensão de todos que ali trabalham. Para Hilário, aquela atividade precisa ser legalizada, conforme determina a lei. Para isto vai destacar a ida de técnicos ao garimpo para orientar neste sentido. A SEMMAP não pode ser apenas um órgão REPRENSIVO, mas também deve ser um órgão ORIENTADOR, disse o secretario.

Fonte: Blog do Peninha

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Quebra, quebra na câmara de Uruará vai parar na delegacia de policia

Na sessão de sexta feira 05/12 dezenas de educadores, estiveram acompanhando a sessão da câmara municipal de  Uruará, onde o clima esquentou, e a sessão teve que ser encerada.

A sessão ordinária estava em pauta o orçamento de 2015, onde os educadores, queriam que os vereadores afastassem o prefeito da cidade, que segundo os mesmo estão sendo prejudicado com os cortes salariais. Diante da câmara não atender os educadores, dezenas de ovos foram disparados em direção dos vereadores, e a baderna deu inicio com agressões verbais, onde o presidente da câmara deu por encerada a sessão. Diante de cadeira de pernas para cima, vidros de portas quebrado, ovos disparados nas paredes da casa de leis,  vereadores agredidos verbalmente, com empurrões, a policia Militar interveio para controlar o descontrole de alguns. 
Depois do acontecido os educadores e vereadores foram ate a delegacia de Policia civil de Uruará dar explicações ao delegado, onde o Major Marcio Abud  destacou esta muito preocupado com essa situação do professores de Uruará que a mais de 3 meses estão nessa discórdia com o executivo, onde o Major destaca sua preocupação dizendo eu não quero ver nos a Policia prendendo um Professor, porque deu um tiro em um Vereador, ou causou outro delito, pois vejo todos trabalhadores e não vagabundos. 

Fonte: http://uruaraemfoco.blogspot.com.br/